26 escritoras lançam Tuíra, e-book sobre o Meio Ambiente


Textos sobre a Natureza mostram diferentes percepções das participantes do Marianas, coletivo de mulheres de Curitiba

Blog Single Encontros das Marianas gerou a proposta de trabalhos sobre as relações entre o verde e a sociedade
A Semana do Meio Ambiente terá o lançamento de um belo projeto literário denominado Tuíra, homenagem à guerreira caiapó Tuíra, que protestou bravamente em 1989, na cidade de Altamira (PA), contra a instalação da usina de Belo Monte. O coletivo de textos sobre a Natureza mostra diferentes percepções das participantes do grupo Marianas, núcleo de mulheres escritoras de Curitiba. A apresentação virtual acontecerá nas ações da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR) voltadas à conservação, de 1 a 5 de junho. Depois do fim do isolamento social, por causa da pandemia, demais iniciativas de divulgação serão programadas.

O ano de 2019 foi marcado no Brasil pela tragédia ambiental ocorrida em Brumadinho (MG). Além de ocasionar centenas de mortes, acarretou danos ao Meio Ambiente bastante graves. Dados iniciais divulgados pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) indicam a perda de 133,47 hectares de Mata Atlântica. Esse é o ponto de partida do e-book Tuíra. Ponto de partida porque, ao longo de sua elaboração, Tuíra estende o tema a problemas ambientais atuais com textos das integrantes do Marianas, coletivo de mulheres escritoras de Curitiba.


A obra
São 20 poemas, 8 prosas e 13 ilustrações, com adaptação para a plataforma Kindle e outros dispositivos eletrônicos. “O livro apresenta reflexões derivadas de cada autora sobre os ambientes naturais brasileiros, bem como a vegetação urbana e os desequilíbrios decorrentes do mau uso de recursos da Natureza, sem levar em conta os limites de sua sustentabilidade e resiliência”, explica a organizadora da iniciativa, Joema Carvalho.

Tuíra já está disponível para pré-venda na loja KDP da Amazon. O formato e-book foi escolhido de acordo com a proposta. “Será um livro publicado na plataforma digital, sem versão impressa, para evitar uso de papel” explica Andréia Carvalho Gavita, diagramadora e também uma das criadoras do Coletivo Marianas.


Saiba os nomes das 26 autoras que integram o e-book
Aglaé Gil, Andréia Gavita, Araci Maria Labiak, Beth Fernandes, Carla Anéte Berwig, Carla Ramos, Carol Damrat, Deisi Jaguatirica, Francielle Costacurta, Ieda Vidal, Joema Carvalho, Laura Monte Serrat, Luciana do Rocio Mallon, Maria Lorenci, Mariana Marino, Marli Voigt, Nanci Beatriz de Lara Reis, Neysi Oliveira, Priscila Prado, Rita Delamari, Rosa Leme, Shirley Pinheiro, Siomara Reis Teixeira, Susan Blum, Rosana Piccolo e Maria de La Ralde

Tuíra conta também com parceria institucional da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR), por meio do Programa UTFPR Mulher e UTFPR Sustentável e também da Rede Sustenta Paraná.


O Coletivo Marianas
Marianas é um coletivo de mulheres escritoras. Reúne-se mensalmente na roda de conversa Letra de Mulher, sobre autoria feminina, em Curitiba. Iniciou suas atividades em maio de 2015, para promover e difundir a literatura e a arte produzida por mulheres. O nome homenageia Mariana Coelho, educadora, jornalista, poeta e uma das pioneiras do feminismo no Brasil. Tem por objetivo a afirmação e legitimação da mulher na cultura, com a realização de eventos literários como saraus, recitais e exposições artísticas. Seu selo, Marianas Edições, foi criado para a publicação de livros desse gênero. Soma o trabalho de escritoras, editoras, ilustradoras, revisoras e fotógrafas.

Saiba mais em www.coletivomarianas.com.

PautaSJP.com e informações Coletivo Marianas

Mais imagens desta notícia

Compartilhe esta notícia no Facebook: