Cães dentro de casa podem ser avaliados se estão em maus tratos


Secretaria de Meio Ambiente de SJP realizou blitz em residência onde cachorros ficavam subnutridos. Medida preventiva vale também para outras espécies.

Blog Single Animais em local particular no Bairro Cotia estavam visivelmente com maus tratos
A Prefeitura de São José dos Pinhais, por meio da Secretaria Meio Ambiente realizou, ontem (25), o resgate de animais vítimas de maus tratos na região da Cotia. A ação foi uma parceria da Secretaria de Meio Ambiente com a Polícia Civil, Guarda Municipal Ambiental, entidades protetoras de animais e Polícia Científica.

O local foi denunciado por maus tratos com os cachorros que estavam em uma residência. Ao chegar no local, os animais foram avaliados por médicos veterinários da Secretaria e cinco deles apresentavam situação de vulnerabilidade. De oito cães da residência, cinco deles se encontravam acorrentados e debilitados, sem água e alimentos adequados.

De acordo com o secretário de Meio Ambiente, Ahirton Sdroiesk Junior, o município está trabalhando frequentemente nas ações de proteção animal. “Conseguimos resgatar cinco animais que vão para as entidades. Além disso, a Prefeitura vai castrar esses animais e depois eles vão para adoção”, disse Ahirton Sdroiesk.

O secretário ainda enfatizou que é importante a participação da população nas denúncias de maus tratos. “Pode ser através do site pelo e-sic nesse momento de pandemia, para não precisar ir até a Prefeitura fazer o protocolo, ou por meio do telefone 3398-2694, que é o setor da Guarda Responsável”, explicou o secretário.

O delegado chefe da Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente do Paraná, Matheus Laiola, que participou da ação de resgate com a Prefeitura, comentou que diversas ações como essas já foram organizadas em parceria com a Secretaria de Meio Ambiente, e que o trabalho em conjunto irá continuar. “Com certeza, nas próximas semanas, outras ações serão realizadas. Nós encontramos os animais muito abaixo do peso ideal, em abrigos inadequados, com ausência de alimentação, água cheia de lodo, então isso ficou caracterizado como maus tratos”, relatou Matheus Laiola.

O proprietário da casa pode responder a um processo civil, passivo de se tornar também criminal. Para denúncias de maus tratos, é necessário entrar em contato com o ‘Disque Denúncia’ pelo 181, que atende todo o Estado do Paraná, ou então via a Secretaria de Meio Ambiente, no Setor de Defesa Animal (41) 3398-2694 ou (41) 3383-1313.

PautaSJP.com e informações da Prefeitura de SJP

Mais imagens desta notícia

Compartilhe esta notícia no Facebook: