Leitores do PautaSJP.com reclamam do fim do CAU nos Campos Gerais


Concessionária de pedágio CCR RodoNorte diz que Centro de Atendimento ao Usuário não é obrigação nos contratos antigos. Retorno só da unidade Witmarsum.

Blog Single Sem o serviço, motoristas passam a contar apenas com paradas no comércio
Há alguns meses, os motoristas que viajam entre Curitiba e cidades dos Campos Gerais, como Ponta Grossa, passaram a encontrar fechados os serviços de Centro de Atendimento ao Usuário (CAU). Aquela parada de esticar as pernas, usar o banheiro e tomar um cafezinho somente no comércio ao longo das BRs 277 e 376. Após queixa de leitores do PautaSJP.com que utilizam a via, a reportagem passou pelos pontos entre a Capital e Telêmaco Borba e registrou os locais de atendimento cercados e nenhum representante da concessionária de pedágio CCR RodoNorte.

A informação de que haviam locais tipo CAU fazia parte do site www.rodonorte/sos-usuarios até recentemente, sendo retirada após contato para a produção da matéria. A RodoNorte respondeu que, mesmo não havendo a previsão em seu Contrato de Concessão, a empresa, segundo a CCR, havia implantado dois centros de apoio ao usuário (CAU), nas proximidades da Colônia Witmarsum (BR 376, km 548) e Ortigueira (BR 376, km 351) e, somente um, vai voltar, mas sem data de retorno.

“O CAU se tratava de um serviço extracontratual que a CCR RodoNorte oferecia aos usuários das rodovias. Especificamente falando sobre o CAU de Witmarsum, o mesmo está em fase de renovação. A concessionária busca novas parcerias para que um local diferenciado possa ser disponibilizado ainda em 2018, com mais serviços e novidades para os motoristas”, diz a RodoNorte.

A concessionária é responsável por quatro segmentos que totalizam 567,78 quilômetros de extensão, sendo BR-277 (entre Curitiba e São Luiz do Puranã) , BR-376 (São Luiz do Puranã até Apucarana) e PR-151 (ligação de Ponta Grossa, Jaguariaíva, Sengés e divisão com o Estado de São Paulo) e a BR-373 (entre Ponta Grossa e o Trevo do Caetano, saída para o norte do Paraná e Foz do Iguaçu).

O movimento médio, de acordo com a RodoNorte, é de 75 mil viagens por dia. Atualmente, o valor do pedágio entre a Capital e São Luiz do Purunã é R$ 8,10; no trecho São Luiz a Witmarsum é R$ 11,60; e até Carambeí é R$ 9,70.

Ainda sobre o caso, a CCR falou que mantém o SOS Usuário incluindo o auxílio de guincho. Fizemos contato com o Procon Paraná a respeito do entendimento do órgão em relação ao fim dos pontos de auxílio e vamos abordar o tema novamente.

PautaSJP.com

Mais imagens desta notícia

Compartilhe esta notícia no Facebook: